Brand Stories: João Paulo Nunes, Fleet Manager

O João Paulo Nunes juntou-se à equipa da Sotécnica a 1 de Janeiro de 1989 e é Fleet Manager na Sotécnica.

25 Nov 2021

Podes apresentar-te em poucas palavras?

Chamo-me João Paulo Nunes, tenho 56 anos e sou Fleet Manager na Sotécnica. Entrei na Sotécnica a 1 de janeiro de 1989, na altura ainda nas antigas instalações, na sede da Rua Vale do Pereiro, em Lisboa.

Qual foi a tua trajetória na empresa até hoje? Sempre trabalhaste na área de Logística?

Nos primeiros 3 anos, entre 1989 e 1992, fui alocado à chamada Secção de Viaturas e participava ativamente na Secção de Pessoal, que partilhava a mesma sala. Durante esse período exerci tarefas administrativas relacionadas com as folhas de ponto e pagamentos em dinheiro aos operários que exerciam a sua atividade em obra. Este processo de pagamento normalmente demorava 2 dias.

Entre 1992 e 2015, com a transferência para o escritório no Casal Valbom (Loures), foi-me proposto e aceite um novo desafio profissional: além de manter a responsabilidade das viaturas, assumir o serviço de transportes internos (motoristas) e a responsabilidade sobre o Serviço de Apoio e Manutenção, área que incluía a frota geral de viaturas, equipamentos, transportes, ferramentaria e estaleiros de obra (contentores e mobiliário). Esta área de serviço era composta por uma equipa de 15 a 17 pessoas com diversas profissões (administrativos, motoristas, eletricistas, serralheiros, carpinteiro, pintores, operadores de camião grua/retroescavadoras/empilhadoras, etc…).

A partir de 2015 e até ao presente, com as grandes alterações que se verificaram na estrutura, a parte de ferramentaria passou para a responsabilidade das unidades de negócio, tendo eu mantido outras atividades, mais vocacionadas para a modalidade de aluguer automóvel, na qual continuamos com a mesma matriz. Com o aumento das empresas a integrar o perímetro de gestão da Sotécnica, a frota automóvel cresceu em número, tendo sido implementados novos métodos de atuação.

Qual o impacto que o teu trabalho tem no dia-a-dia das pessoas?

Uma boa questão. A minha preocupação sempre foi corresponder a todos os pedidos relacionado com as atividades ADN da empresa e libertar os Encarregados e Técnicos  de temas relacionados com a Logística (aprovisionamentos, aluguer, equipamentos, etc…), tentando arranjar soluções de forma a não prejudicar atividade. É muito importante mantermos o foco e a dinâmica quando tomamos decisões que envolvem uma atividade exigente como é a nossa, na qual temos compromissos e prazos para cumprir.

"A minha preocupação sempre foi corresponder a todos os pedidos relacionado com as atividades ADN da empresa e libertar os Encarregados e Técnicos  de temas relacionados com a Logística [...]"

João Paulo Nunes Fleet Manager, Sotécnica

Que experiências marcantes é que a Sotécnica te proporcionou?

Obviamente, quando temos um percurso com tantos anos e diferentes experiências, são várias as que marcam a nossa vida profissional e pessoal. Talvez a mais importante e determinante no meu percurso profissional foi a mudança da sede (e escritório) para o Casal Valbom para assumir uma atividade mais operacional e, claro, a partilha de experiências com pessoas com mais idade, com espírito de corpo e partilha das dificuldades. Por exemplo, almoçávamos quase sempre juntos e muitas vezes nomeávamos alguém para fazer almoço para todo…outros tempos.

Ver todas as notícias